Posts tagged ‘Livemocha’

10/27/2008

Sites para aprender inglês; #1

Para aqueles que precisam de um “empurrãozinho” ou de um esforço extra pra se dar bem no inglês e aprender relativamente de forma mais rápida, resolvi criar um Top Five no estilo Top Five do CQC, mas destinado ao aprendizado e não ao simples objetivo de fazer chacota (vulgo ‘zombar’) dos infortúnios alheios. Prometo que vou tentar fazer essa lista em 5 dias corridos. 🙂

 

# 1: Livemocha

 

É um site que mais se parece com um Orkut, no sentido de “comunidade”, para quem quer aprender línguas, ou seja, é um lugar onde as pessoas se reunem para aprender novos idiomas e compartilhar conhecimentos, assim como para um ajudar ao outro e etc. Os cursos disponíveis até o momento são: alemão, espanhol, francês, hindi, inglês (normal e preparatório para o TOEFL), islandês, italiano, japonês, mandarim, português (Brasil) e russo. Os ingredientes são os seguintes: papel e lápis na mão, um fone de ouvido e um microfone (este último de caráter não obrigatório) e mãos à obra.

O segredo eu creio que seja de muita repetição. Então se prepare, pois o começo dos cursos de todas as línguas é aquela coisa bem básica, do tipo “The book is on the table”, mas eu garanto que funciona, tamanha a insistência. É assim que estou aprendendo francês! Fora que, você se cadastrando como professor, pode e será requisitado para corrigir lições de outros. Assim vê-se como o curso é bem interativo. Na primeira semana que me matriculei, fiquei viciada… pena que os compromissos me fizeram perder o ritmo completamente nas semanas seguintes. Mas o que vale é a fórmula dedicação + esforço, que o resultado pode tardar, mas não falha. Todos os cursos são divididos em níveis, a saber: básico, intermediário e avançado, e as lições são divididas em 5 fases: Aprender (ouvir frases de acordo com as figuras selecionadas), Leitura (na qual ao ler uma palavra você tem de clicar na miniatura que corresponde à mesma), Compreensão Oral (na qual você ouve uma palavra, em seguida clica na miniatura associada à palavra), Chamariz (ouve uma palavra ou frase, em seguida você arrasta a palavra correspondente para dentro da caixa), Escrita e Expressão Oral.

O legal é que no final de cada lição você se sente preparado o suficiente a ponto de conseguir escrever um pequeno parágrafo, mesmo que básico, na língua em que você está cursando. Acho isso incrível! Me inscrevi desacreditada em tal método, mas no final da lição lá estava eu escrevendo um mísero textinho em francês. É, eu consegui! E a minha dica é para que você anote as informações mais importantes num caderninho e vá separando as lições por conteúdo, tipo assunto, conteúdo gramatical, expressões e etc. Fiz isso no Word e já estou com tudo separadinho aqui para que possa consultar na hora de fazer minhas lições. Sem contar que no final de cada semana você recebe um relatório de progresso do seu curso. Enfim, recomendo a todos! Só não se esqueçam de me adicionar ao seu perfil. 😉